antes e depois

antes e depois

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Compulsão Alimentar, você tem?

Tudo bem com vocês?
Hoje quero começar falando da alegria que eu estou sentindo em relação a oportunidade de ajudar tantas pessoas; servir de inspiração para alguém, me deixa extremamente feliz! Contem comigo, ok!
Gostaria de pedir um pouquinho de paciência de vocês quanto a minha demora em responder os comentários deixados aqui, quero muito responder todos bem rápido, mas a minha rotina de trabalho, mãe e esposa não me permitem essa rapidez toda!

Vamos ao assunto de hoje? Vamos lá, então!
Fazendo uma auto análise dos meus antigos hábitos alimentares, tenho a certeza que eu tinha COMPULSÃO ALIMENTAR!

Acompanhe agora 5 esclarecimentos importantes sobre esse distúrbio alimentar (núcleo avançado de obesidade e distúrbios alimentares do Hospital Sírio-Libanês):
  1. Acomete mais mulheres (60%) do que os homens(40%). Dados americanos mostram maior incidência entre 30 e 50 anos de idade. Atualmente, ela afeta 5% da população mundial.
  2. Quando comparados a outros distúrbios como a bulimia nervosa ou a anorexia nervosa a compulsão alimentar é o distúrbio mais frequente.
  3. Entre os vários tipos de manifestações desse transtorno as mais comuns são a ingestão voraz e abusiva de alimentos em geral, seguida de sentimento de culpa(decepção e tristeza) e o consumo excessivos de doces isento de arrependimento.
  4. A depressão e a ansiedade afetam até 70% dos portadores.
  5. Seu tratamento deve ser multidisciplinar-com endocrinologista,psiquiatra, psicólogo e nutricionista.


Pessoal, hoje fico por aqui e desejo que todos tenham uma excelente noite de sono...lembrando que dormir bem, ajuda o processo de emagrecimento!!!
Abraços
Carlinha...magra depois dos 30!

32 comentários:

  1. Oi Carlinha,
    Somos quase vizinhas, há 05 meses nos mudamos para Santos, sou mãe do José, e durante a minha gravides engordei 30 kg, durante 1 ano e 7 meses perde quase todos, ficaram os últimos 7 que não me dão folga. Adotei a reeducação alimentar, como você sozinha, há umas semanas, ainda não deu resultado, mas como voltei a fazer exercícios me sinto mais animada. Tenho um blog com receitas, adoro cozinhar e procuro sempre usar algumas lembranças, momento especial, para associar a comida. Comecei a ter uma relação melhor, passei a nutrir o corpo e alma como os alimentos, já que vivenciamos momentos tão singulares.
    Adorei o seu blog, e espero que em seis meses eu possa voltar aqui com resultados promissores.
    Bjs

    http://agnescostarotava.blogspot.com/
    Agnes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agnes, Oi!
      Temos aqui amigas Santistas, viu!
      A Mari (Simplesmente Mari, também é de Santos...
      Tenho certeza que os 7kg que faltam você eliminar, vai sair rapidinho!
      Vou visitar seu blog em breve!
      Beijinhos

      Excluir
  2. Olá Carla! Bom, ao contrário da compulsão, há semanas de regime e frequentando academia, estou sem vontade de comer, sentindo que tudo que come é muito calórico e vou engordar. Óbvio que sei que é perigoso, tenho muito conhecimento sobre bulimia, anorexia....
    Então espero que seja só uma fase! Queria saber se você passou por isso e se isso foi embora naturalmente, se fez alguma coisa....
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Flor!
      Assim que alcacei minha meta(65kg), isso também aconteceu comigo...aí naturalmente, eu emagreci mais, mesmo sem querer... e cheguei nos 61kg, hoje cuido muito para não perder mais peso e tenho me mantido na casa dos 62/63kg! Não posso e nem quero emagrecer mais, morro de medo desses distúrbios alimentares que a gente vê por aí! Mas estou me cuidando!
      Abraço

      Excluir
  3. Olá Carla. Inspirada em sua experiência, resolvi tomar uma atitude e mudar meus hábitos alimentares, tbém vou retomar a academia. Adorei as suas postagens (ainda estou lendo), mas já peguei várias dicas. Monei um blog para registrar minhas experiências http://mudancadevidaaposos30.blogspot.com/. Obrigada por dividir sua vivencia conosco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Que bom que te inspirei!
      Logo visito você no seu blog!
      Beijos

      Excluir
  4. é...eu tou tentando controlar....
    Beijão,
    Mel
    dietadamelissa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mel!
      Logo te visito no seu blog!
      Beijos

      Excluir
  5. Oi Carlinha td bem?Bom eu tenho 26 anos dois filhos e peso 124 kg e tenho apenas 1,58 de altura iniciei nesta segunda feira minha RA e meus exercícios na academia espero conseguir perder peso,imprimi umas fotos suas do antes e do depois e coloquei em alguns lugares da minha casa pra td fez que eu for pegar algo par comer me lembre de como é bom ter paciência e que as coisas não acontecem de um dia para o outro, estou fazendo acompanhamento psicológico e nutricional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paty!
      Isso mesmo...fique firme, resista as tentações!Quando os primeiros kilos forem embora, você vai ver como é bom!!!
      Escreva para nos contar as conquistas, tá!?
      Beijos

      Excluir
  6. Oi Carla, td bem??? tbm tenho um blog, comecei no dia 02/01, pessoas como vc realmente inspiram a gente a continuar em busca do nosso ideal rsrs adorei seu blog, ja estou te seguindo, parabéns, bjks...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Beijos prá você também!
      Obrigada por me seguir!

      Excluir
  7. Oi Carlinha, voltei hehehe

    Eu acho que sempre fui meio compulsiva, exemplo: desde que nasceram meus dentes eu roia unhas rssss, parei de roer com 18 anos, aí comecei a fumar, parei de fumar e comecei a comer mais ainda e fiquei viciada em halls azul rssss.

    Acho que eu tenho algum problema com minha fase oral, preciso sempre ter alguma coisa na boca.

    Comer desesperadamente e sentir culpa depois eu acho que não, não lembro de comer com culpa. Comi por gula, e ai juntou o sedentarismo que ajudou a engordar.

    Não sei se estou sendo muito radical, mas acredito que para manter-se magra é preciso mudar de vez a relação com a comida, ou seja, ver a comida como combustivel, ou melhor, como uma necessidade assim como fazer xixi, e não como fonte de prazer.

    Dessa forma você pode comer todos os dias a mesma coisa, como os cachorros comem todos os dias a mesma ração, e não ver isso como algo prazeroso e sim, necessário para sobreviver.

    Vc acha que estou sendo muito radical??? Esta semana estou sentindo muita fome, as 3 horas de intervalos entre as refeições parecem que não passam rssss.

    Beijos querida, amanhã eu venho te contar qto eliminei em um mês.

    Letícia.... que ficará magra antes dos 40

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Letícia!
      É bem por aí mesmo, a relação com a comida tem que mudar!
      Antes eu vivia prá comer, hoje só como para viver!
      Ah! Adorei!!!
      Letícia que ficará magra antes dos 40!!!
      As palavras tem poder!
      Apareça mais vezes!
      Beijos

      Excluir
  8. Oi Carla,
    Seu blog está sendo minha inspiração e fonte de informação! Você me inspirou tb a criar um blog para mim sobre minha "luta" pq eu não quero esquecer o trabalho que foi quando eu estiver magra. E eu mencionei vc no meu post. Se vc puder passar lá eu vou ficar muito feliz: http://gordinhanabalanca.wordpress.com/2012/02/14/sibutramina/

    Beijos, sucesso e muita força!
    Renata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata!
      Que bom que o blog tá te ajudando!
      Você me escreveu dia 14/02, hoje é dia 21/02...desculpe a demora! Mas vou passar no seu blog com certeza..Me espera!
      Beijos

      Excluir
  9. Interessante seu post, carla! bom, entao compulsao eu nao tinha, pq nao sentia culpa nenhuma de comer exageradamente. era so falta de vergonha mesmo! hahaha... mas pra mim foi mto dificil controlar as porçoes tb. separar satisfaçao de quantidade é a tarefa mais dificil e mais importante da reeducaçao alimentar. acredito que vc so é bem sucedida se conseguir fazer isso, pq so assim a reeducaçao vai durar pra sempre!

    bom, o que eu queria te perguntar nao tem mto a ver com o post, era sobre os temperos termogenicos. tenho gengibre e curcuma em casa, mas nao sei usar! como vc os incluia na sua dieta? orbigada! bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Natalia, oi!
      Eu uso esses temperos até hoje, nos refogados de legumes e verduras!
      Beijinhos e apareça sempre por aqui!

      Excluir
  10. Oi Carla,
    Infelizmente por motivos pessoais não estou conseguindo controlar a compulsão. O fato é q tenho voracidade por alguns alimentos e como sem perceber o qto. Já consegui vencer a compulsão em várias fases da minha vida, mas hj tá muito difícil. Não posso ver batata frita (tenho q evitar chegar perto), bolo de chocolate (começo a comer e qdo percebo já foram vários pedaços)e pão sovados e similares. O pior q já reparei de desenvolvi mais uma compulsão, por bolacha de maizena. Se abro o pacote tenho q comer tudo. É doentio e não tô conseguindo uma válvula de escape. Tá difícil amiga...Muuuuito difícil...aff...
    Obrigada por entender...
    Bjo.
    Mari - Santos/SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari!
      É difícil, mas não é impossível!
      Todas juntas somos mais fortes!
      Beijos

      Excluir
  11. Olá Carla foi maravilhoso conhecer sua história, assim você me dá forças para eu começar o processo. Tenho 25 anos estou pesando 76kilos , sou uma pessoa uma anciosa, devido essa ansiendade como tudo e por isso estou ficando gordinha , mais você me deu forças pra voltar minha rotina de boa alimentação e caminhada... afinal nós mulheres temos que se cuidar idependente de idade!! Parabéns você é um exemplo de determinação!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thali, oi!
      Obrigada..Me sinto feliz em ser um bom exemplo e poder ajudar outras pessoas a acharem o equilibrio!
      Beijinhos

      Excluir
  12. Carlinha, tudo bom? eu tenho uma dúvida! bom, você disse que no incicio da RA utilizava este mesmo cardapio e você emagreceu 40 kilos - que coisa boa - eu queria saber como você faz hoje em dia - magra e linda -conseguir estagnar a balança em 62 kg. e quais foram seus elementos coringas, do dia a dia, pra aumentar a perda de peso? iuahiua acho que exagerei nas duvidas, espero que você possa responder. Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anna, oi!
      Hoje em dia eu faço isso ai que você tá vendo...vou me pesando, se exagero em um dia, diminuo no outro, se uma refeição é mais calórica, a próxima faço uma mais magrinha...e assim vai!
      Meus elementos coringas são: diminuir a quantidade gradativamente, comer sempre a cada 3 horas, usar meios naturais de acelerar o metabolismo e beber muita água todos os dias!
      E obrigada pelo magra e linda!
      Beijos

      Excluir
  13. Você tem toda razão em ter me dito que deveria começar logo! Pois então, comecei hoje pra valer! Eu andei fazendo a dieta dos pontos, mas cansei de ficar contando... fui no final do ano passado em uma endócrina, ela me passou uma dieta equilibrada, com opções de trocas e analisando os seus cardápios são bem parecidas as distribuições. Não levei a sério e engordei mais ainda. Mas a sua determinação me motivou, e eu sei que posso! Também sei o quanto é importante anotar o que se come, pelo menos nessa fase de readaptação, assim não corremos o risco de pôr tudo fora e roubar de nós mesmos... é isso, vamos em frente, arrisquei inclusive uma caminhada de 50 min! Que Deus te abençõe por trazer tanto estímulo a estas pessoas. eu sou uma delas, pode ter certeza! em breve quem sabe não serei mais um antes e depois?! beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      O convite tá feito!!
      Topa ter o seu antes e depois publicado aqui?
      Continue firme, não desanime, tá!?
      Abraço

      Excluir
  14. Oi Carla... soube do seu blog na ultima quinta feira através do facebook e a partir dai li tudo que você postou e me incentivou e muito.
    Só que eu não contava com um golpe do destino... meu avô veio a falecer neste domingo e desde o momento que soube que ele estava na UTI e que não tinha muita chance de sobreviver... a minha compulsão voltou!
    Sempre que fico depressiva por qualquer motivo, ou até mesmo ansiosa por trabalho... enfim seja o que for como tudo que vejo pela frente.
    Todos os dias acordo dizendo hoje vou me controlar... mas tá tão dificil!!!
    Espero conseguir com sua ajuda... pois você está sendo uma grande inspiração...
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luciene,

      Meu nome é Renata e eu entendo exatamente o que vc está sentindo. Por não conseguir me controlar eu procurei um endócrino e agora estou tomando remédio, além de controlar minha alimentação. O remédio está ajudando muuuito a controlar a compulsão por comida. Eu não consegui ser como a Carla que conseguiu fazer tudo sem ajuda de remédios, mas cada organismo é um, né?

      Se você quiser saber mais da minha história, eu criei um blog para me ajudar a me manter na linha: www.gordinhanabalanca.wordpress.com

      Excluir
    2. Luciane, oi!
      No mundo passamos por aflições, sei que é muito díficil passar por elas, sem usar alguma valvula de escape!
      E a comida, nos é permitido e mais que permitido, comer alivia a tensão!
      Mesmo assim tente lutar!
      Comer demais também é um vício e um vício maléfico!
      Beijos e fique com Deus!

      Excluir
  15. Parabéns por sua conquista! Minha história é bem parecida com a sua, só que ainda não tive o final feliz!
    Engordei depois de adulta, tenho 33 anos, sofro de compulsão alimentar, sempre que inicio uma R.A., caio na tentação de comidas no 2° dia, mas vou continuar lutando!!!
    Adorei seu blog!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juliana, oi!
      Não desista, espero que o blog possa te ajudar!
      Um abraço..

      Excluir
  16. Ola Carlinha
    gstaria da indicacao de um especialista para iniciar o tratamento. Atualmente estou em acompanhamento psicologico.
    obrigada

    ResponderExcluir